A Teoria Do Crânio


"Uma maneira simples e divertida de obter pistas sobre o género!"
- Mãe feliz.

Crânios masculinos e femininos, como muitas outras estruturas ósseas, têm certas características que podem ajudar na determinação do género do bebé numa idade gestacional precoce. Embora não haja muitas pesquisas para esta teoria, existem pesquisas sobre as diferenças da estrutura do crânio em crianças e adultos. Usando os seguintes indícios, e adaptando-os a bebés ainda no útero, acredita-se que a teoria do crânio seja até 92% exacta na determinação do sexo a partir das 12 semanas (ou mais) de gestação.As many other bone structures, the male and female skulls have certain characteristics that can help gender determination at an early gestational age. Although there isn’t much research on baby skull as it relates to gender determination to back this theory, there is research on the difference in skull structure in children and adults. Using the following markers is thought to be up to 92% accurate at determining gender from 10 weeks of gestation and beyond.

Ao prever o sexo, o Baby Gender Pros usa as seguintes directrizes:

A) A massa craniana masculine é mais compacta ou sólida. O crânio feminino é mais arredondado e afunila no topo.

B) A elevação temporal localizada no lado externo do crânio superior, fazendo com que pareça mais quadrado, é mais proeminente no crâneo masculino do que no feminino.

C) A margem supra-orbital - o osso sob a linha da sobrancelha - feminina é mais nítida, enquanto que a masculina é mais redonda e opaca.

D) O arco superciliar - o arco da sobrancelha - é maior e mais pronunciado no crânio masculino.

E) O osso mandibular – (mandíbula inferior) - de uma mulher é arredondado, enquanto que do homem é quadrado e mais afiado.

F) A estrutura da testa do osso frontal termina na testa. A testa masculina é mais baixa e mais inclinada.

G) O homens têm geralmente uma massa craniana mais profunda que as mulheres.